Central de Atendimento

(11) 4323-3935

ABERTO

24 HORAS

08/08/2018

noticias

Por: Erika Cristina

Cuidados com Cão Idoso

Assim como acontece com os humanos, cães necessitam de cuidados especiais quando chegam na fase idosa. Podemos considerar um cão idoso a partir dos 7 anos de vida, mas as mudanças vão acontecendo sutilmente ao longo dos anos, como a diminuição da visão, da audição, a dificuldade locomotora, o esquecimento de comandos básicos ou de onde fica o “banheiro”, entre outros sintomas.

Cuidados especiais não são apenas para o idoso

Quando estamos falando de um cão que inspira cuidados especiais, estamos falando de um cão não somente idoso, mas que já está com alguns dos seus sentidos afetados. P.S.: as mesmas dicas são válidas para animais mais novos, mas que por algum motivo tiveram a perda desses sentidos, como a cegueira causada pela diabetes, a paralisia causada por um AVC, entre outros.

Vamos as dicas:

  • O acesso à escadas, sacadas ou degraus muito grandes. Seja pela dificuldade em enxergar ou pela falta de equilíbrio causada pela dificuldade locomotora, animais idosos podem sofrer quedas e se machucarem gravemente quando utilizam estes locais sem supervisão. Portanto, estes acessos devem ser isolados, de preferência utilizando portãozinho para evitar acidentes.
  • Objetos com quinas pontudas e vasos ou louças em cima de mesinhas ou aparadores​ devem ser evitados principalmente com cães de grande porte, que podem bater ou cair derrubando estes objetos e, além do estrago do objeto, podem machucar-se.
  • Passeios deverão ser feitos apenas com supervisão e uso de guia e coleira, uma vez que o animal que não enxerga e/ou não ouve direito pode não ver um carro se aproximando ou um buraco na rua ou ainda perder-se e não conseguir voltar para casa sozinho.
  • Cuidado com pisos escorregadios e molhados, pois podem ser um precursor para quedas e consequentemente contusões, fraturas e luxações.

Estes são pequenos cuidados que podemos adotar para facilitar a vida e o convívio em família com nossos animaizinhos idosos. Lembrando que precisamos priorizar ao máximo a qualidade de vida deles.

Divulgue isto

    Leia também: